Sudene destaca importância das ações de enfrentamento da seca


Fonte: Ascom/Sudene e Ascom/MI

31787664664 1c51ec21f5 K

O tema esteve em pauta durante reunião na Paraíba, com a participação do ministro Helder Barbalho (Integração) e do superintendente da Autarquia, Marcelo Neves  Foto: ED FERREIRA/MI.

O encontro foi realizado na Federação das Indústrias da Paraíba (FIEP), em Campina Grande, no último dia 30, quando o ministro prestou contas sobre o fim das obras do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Helder Barbalho também anunciou o repasse de R$ 22,3 milhões para obras hídricas no estado e para o abastecimento de água, por meio de carros-pipa, à população do município. Além da Sudene, Codevasf e DNOCS também prestigiaram o evento. Marcelo Neves destacou a importância do engajamento das instituições regionais nas ações de enfrentamento da seca e de integração do Rio São Francisco.

O ministro fez um balanço dos investimentos feitos pelo Governo Federal em obras, oferta de água e ações de defesa civil que visam amenizar os efeitos da estiagem enfrentados pela Região Nordeste. Helder Barbalho falou, ainda, sobre o impulso no desenvolvimento econômico dado pelos fundos regionais. Segundo o Ministério da Integração Nacional (MI), “Empregos e renda foram gerados no setor produtivo paraibano com a aprovação de empréstimos que ultrapassam os R$ 430 milhões do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Mais R$ 30,6 milhões foram garantidos para projetos financiados pelo Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) na Paraíba”.

Antes da reunião na FIEP, o ministro cumpriu uma agenda com o presidente Michel Temer, que incluiu vistoria nas duas últimas estações de bombeamento do Eixo Leste do Projeto São Francisco, em Sertânia (PE). Já no estado paraibano, o ministro fez inspeções nas barragens Poções, em Monteiro, e Camalaú, no município paraibano de mesmo nome. Esse conjunto de obras vai garantir que as águas do “Velho Chico” cheguem à Paraíba. "Hoje inauguramos a EBV-3 com o presidente Michel Temer. Depois, pude vistoriar as estações do final do Eixo Leste e também as obras no açude Poções e Camalaú - serviços que estão sendo feitos com o Governo do Estado - para que no prazo limite do mês de abril as águas do São Francisco possam atender a região de Campina Grande", concluiu o ministro.

O MI destaca que o Projeto de integração do Rio São Francisco é a “maior obra de infraestrutura hídrica do país. O Projeto de Integração do Rio São Francisco levará água para mais de 12 milhões de pessoas em 390 municípios dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte”.

Complexo Aluízio Campos

Romero Rodrigues 1 556x417

Antes da reunião com o ministro da Integração, o superintendente da Sudene, Marcelo Neves, atendeu a um convite do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, e do deputado federal, Rômulo Gouveia, para conhecer o Complexo Aluízio Campos, que está sendo construído no município e que contará com mais de quatro mil casas, além de polos comercial e industrial. Para Marcelo Neves é fundamental conhecer os projetos dos municípios e estados da área de atuação da Autarquia e tentar atender as demandas de cada um. O superintendente ressaltou que já está prevista, no orçamento da Sudene para 2017, uma emenda da Bancada da Paraíba de apoio a projetos de desenvolvimento local integrado, que prevê o repasse de R$ 12,3 milhões para o Complexo Aluízio Campos.

Foto: Codecom/CG

Mais Notícias

Postado em 31/01/2017 às 16h36